pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Programa Tamarear em Fernando de Noronha

20/12/2019 - Criado em 2019, programa voltado para crianças do arquipélago, utiliza atividades esportivas, circenses e fotográficas como ferramentas para educação e sensibilização ambiental. ↓

O Projeto Tamar/Fundação Pró-Tamar, desde o início de suas atividades pela conservação das tartarugas marinhas, percebeu a importância de desenvolver programas de educação ambiental e passou a ter ações nas comunidades onde atuava neste sentido. Em 1995, implantou o primeiro programa formal de educação complementar: o “Tamarzinhos”. O sucesso deste programa na Praia do Forte foi enorme e atualmente é replicado em quase todas as bases do Projeto Tamar/Fundação Pró-Tamar. Muitas crianças que passaram pelo programa estão hoje trabalhando em prol da conservação do meio ambiente dentro e fora da fundação.

Neste ano de 2019, foi criado o Programa TAMAREAR, inspirado no sucesso dos Tamarzinhos, mas com a inclusão de atividades esportivas como ferramenta de educação e sensibilização ambiental. A base de Fernando de Noronha foi a escolhida para receber a primeira turma do programa.

O Arquipélago de Fernando de Noronha possui uma paisagem natural propícia para a prática de esportes náuticos: paraíso de surfistas já conhecido mundialmente, também possui praias boas para a prática de canoa havaiana e vela. Para o programa, foram chamados grupos que atuam na ilha nestas modalidades para realizarem oficinas com as crianças e, além de surf, windsurf, vela e canoa havaiana, os alunos receberam aulas de Circo, cujo objetivo foi proporcionar a eles mais noção corporal, necessária para a prática dos outros esportes ensinados. Para complementar, aulas de fotografia foram ministradas para as crianças, um estímulo para que aprendam a registrar suas conquistas, bem como informações sobre meteorologia, já que a observação das condições de tempo é essencial para as atividades de esportes no mar. Após a experiência de 8 semanas de aula, a primeira turma de 6 crianças, composta de alunos do quinto ano da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM), festejou o encerramento do programa no dia 14 de dezembro, em Fernando de Noronha.  

A felicidade de participar do TAMAREAR está nos depoimentos de quem deu e de quem recebeu as aulas. A experiência foi excelente!  Em 2020, uma nova turma será formada, o tempo de duração do projeto será estendido para 10 meses e abordará aulas práticas e teóricas sobre conservação de tartarugas marinhas e dos oceanos e sobre a prática de esportes náuticos. Todo o projeto foi apoiado pela Nescau, que acreditou na ideia do projeto como uma nova maneira de contribuir para semear a conservação nas gerações futuras.

Depoimentos dos oficineiros

Maira Kelerman

“Estamos muito felizes e honradas em contribuir com a Oficina de Fotografia do Projeto TAMAREAR”.

Michele Roth

“Um grande prazer compartilhar nosso conhecimento com as crianças e perceber o interesse que elas tem pela a arte, que é fotografar. A interdisciplinaridade é um método de estudo muito aplicado no ensino-aprendizagem em instituições de ensino que visam o desenvolvimento do ser como um todo. E que nesse contexto a fotografia pode ser vista como uma ferramenta excelente para ensinar outras disciplinas como artes em geral, geografia, história e matemática por exemplo. Um grande diferencial desse projeto em parceria com o Projeto Tamar, é que além de tudo podemos ampliar a visão das crianças sobre a importância da conservação. Seja nas aulas teóricas ou nas práticas, sentimos a curiosidade no olhar de cada um”.

Luiza Sampaio

“Finalizamos a oficina com a certeza de que plantamos uma sementinha e que dependerá deles fazer ela germinar”.

Maria Paula Vianna

“Contribuir com uma semente em pequenos seres criativos será sempre um prazer! Essas semanas que tivemos alguns encontros, aprendemos a entender o corpo de cada um, o estilo de concentração, os receios e vitórias que os treinos acrobáticos e circenses revelam. Foi muito gratificante e espero ter conseguido o objetivo de vivenciar com eles um pouco de algumas artes circenses e mostrar aos nossos queridos aprendizes a dor e a delícia de fazer arte!”

Bárbara Polezer, Noronha Canoe Clube

“Foi com muita alegria que recebi o convite para participar do projeto Tamarear. A experiência de conviver com as crianças escolhidas a dedo foi excepcional. Cada um com sua história, motivação e entrega, deu o melhor de si. Claro, assim como eles, nós também tínhamos muito o que aprender, e aprendemos, que esses 8 podem ser a diferença daqui poucos anos, foi lindo poder colocar uma minhoquinha para fertilizar as terras do mundo deles. Me sinto privilegiada e com dever cumprido, sem dúvidas temos ali pelo menos um novo ativista ambiental, que estará no mar remando, surfando, nadando ou mergulhando, lembrando das aulas de história da canoa, técnicas de remada, navegação, preservação, turismo consciente e cidadão cientista. Para mim, foi um período que confirmei, que se dedicar ao que acredita, alimenta a alma.

Muito obrigada!!”

 

Tartaruga Tartaruga-de-couro ou Tartaruga-gigante

Regência - ES

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras