pagina inicial
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Nem tudo que cai na rede é peixe

Se uma tartaruga marinha cair em sua rede você pode ajudá-la.

Se ela estiver se mexendo, solte-a. A natureza agradece.

Se ela estiver mole ou aparentando estar morta, você pode salvá-la:

Coloque a tartaruga na sombra com a cabeça mais baixa que o corpo. Se possível, coloque um pano úmido sobre o casco. Ela pode demorar muitas horas para se recuperar.

Quando ela estiver se mexendo libere-a ao mar.

Apenas após 24 horas sem se mexer a tartaruga pode ser considerada morta.

Em caso de ocorrência ligue para o Projeto Tamar mais próximo de você.

Sedes regionais:

BAHIA

Praia do Forte (sede nacional): (71) 3676-1045

SERGIPE

Reserva Biológica de Santa Isabel: (79) 3276.1201 / 1217

PERNAMBUCO

Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha: (81) 3619-1171 / 1174

RIO GRANDE DO NORTE

Pipa: (84) 4103-1967

CEARÁ

Almofala: (88) 3667-2020

ESPÍRITO SANTO

(27) 3222-1417

RIO DE JANEIRO

Bacia de Campos: (22) 2747-5277

SÃO PAULO

Ubatuba: (12) 3832-6202 / 7014 / 4046

SANTA CATARINA

Florianópolis: (48) 3236-2015

Saiba mais sobre as ameaças que colocam em risco a vida das tartarugas marinhas:

1. Ameaças naturais
2. Ameaças causadas pelo homem:
    Caça e coleta de ovos
    Pesca incidental
    Sombreamento
    Iluminação artificial / Fotopoluição
    Trânsito de veículos
    Poluição
3. Doenças e enfermidades