pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Nascem cinco filhotes de tubarão ameaçado de extinção no TAMAR

24/07/2018 - A reprodução dos tubarões é importante para a preservação da espécie. Leia mais ↓

No Projeto TAMAR nasceram em junho/2018 filhotes de tubarão-lixa (Ginglymostoma cirratum), espécie ameaçada de extinção, três deles no início do mês, entre os dias 5 e 8 de junho. Os nascimentos coincidiram com as datas do Dia Mundial do Meio Ambiente (06/06) e do Dia Mundial dos Oceanos (08/06). Após um intervalo, mais um nasceu no dia 14 e o último veio no dia 26, surpreendendo a equipe do TAMAR. Não há registros iguais de reprodução dessa espécie sob cuidados humanos em outros locais. Com esses primeiros registros na América do Sul, o Projeto TAMAR, que conta com o patrocínio da Petrobras há 36 anos, reúne informações relevantes para a ciência, pesquisa e conhecimento mundial sobre a espécie.

Veja um vídeo dos recém-nascidos.

Nunca havia nascido tantos tubarões de uma vez no Projeto, as últimas ninhadas tiveram entre duas e três crias. A veterinária, Thaís Pires, que trabalha há 16 anos no TAMAR, afirma que a reprodução é um indicador do bem-estar desses animais, pois somente saudáveis e adaptados ao ambiente, conseguem desenvolver todas as suas atividades biológicas, explica.

Os biólogos e veterinários do Projeto TAMAR realizam uma série de cuidados, visando o bem estar dos tubarões. O local em que habitam foi desenvolvido propriamente para eles, é um sistema aberto e com água do mar. São realizados exames regulares para verificar a saúde, monitorar o peso, o tamanho e o comportamento desses animais. A alimentação é cuidadosamente calculada, eles também recebem suplemento vitamínico, tanto os tubarões adultos quanto os recém-nascidos.

O TAMAR Praia do Forte cuida de tubarões-lixa desde 1999. A veterinária ressalta que esses animais eram pescados e chegavam ainda vivos à praia, porém machucados. Os pesquisadores convenciam os pescadores a cederem os animais e faziam a reabilitação da saúde deles. Atualmente, “estão aqui conosco gerando novos filhotes, é um resultado muito positivo”, afirma Thaís.

A reprodução espontânea dos tubarões já ocorreu três vezes no TAMAR Praia do Forte, a veterinária afirma que é resultado dessa série de cuidados do Projeto. Hoje há na unidade três adultos, sendo a maior fêmea a Açaí, que já teve duas ninhadas e a Mascote que acaba de ter seus primeiros filhotes agora, em 2018. Há também quatro jovens e os cinco recém nascidos.

O Projeto TAMAR começou em 1980 a proteger as tartarugas marinhas no Brasil. A Petrobras é a patrocinadora oficial do TAMAR, por meio do Programa Petrobras Socioambiental. A Fundação Pró-TAMAR é a principal executora das ações do PAN - Plano Nacional de Ação para a Conservação das Tartarugas Marinhas no Brasil do ICMBio/MMA. O TAMAR trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no país, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea). Protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 26 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. 

Saiba mais sobre os nascimentos dos novos tubarões e porque é importante pesquisá-los e protegê-los.

Conheça os tubarões e saiba mais sobre a espécie

Clique nos infográficos para ampliar

Clique nos infográficos para ampliar

Tartaruga de pente ou legítima

Vitória - ES

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras