pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Alunos da Escolinha do Tamar finalizaram ano com nova cartilha

30/01/2015 - Tartaruga Marinha: Um mar de conhecimentos e encantos. Leia mais. ↓

Alunos da Escolinha do Tamar finalizaram ano com nova cartilha

Ilustração: Tharcilla, 13 anos.

Uma cartilha com informações sobre a conservação das tartarugas marinhas e a comunidade de Arembepe (Camaçari-BA) foi lançada como produto de final de ano das turmas de 2014 da Escolinha do Tamar. Com um lindo evento em dezembro (13/12) na Praça das Amendoeiras, as crianças e adolescentes apresentaram "Tata Meu Boi", uma releitura da manifestação cultural 'Bumba Meu Boi' e entregaram para seus pais os trabalhos desenvolvidos ao longo do ano. Uma roda de capoeira com o Grupo Abolição, importante parceiro local, marcou o ritmo da tarde de sábado.

A cartilha é uma publicação que resume conceitos da temática escolhida para o ano. A de 2014 foi “Tartaruga Marinha: Um mar de conhecimentos e encantos!”. O conteúdo é dividido em informações técnicas e culturais, reunindo as atividades lúdicas desenvolvidas com as crianças. "Apresentar a cartilha à comunidade é mais uma oportunidade de comunicação e interação com as pessoas sobre temas de grande relevância para o meio ambiente", explica Manuela Borja, bióloga do Tamar em Arembepe.

Em 2005, o programa 'Escolinha do Tamar' foi criado com o apoio da UNESCO - Criança Esperança. O objetivo foi contribuir com a formação de uma consciência conservacionista perante as transformações sociais e ambientais que estão presentes no dia a dia das pessoas, chamando a atenção para a sustentabilidade dos recursos naturais e a valorização da cultura local. Desde sua implantação, o programa já assistiu de forma continuada 540 crianças e realizou mais de 1.500 atendimentos pontuais.

Arembepe foi uma das primeiras bases de pesquisa do Tamar. Originalmente, era chamada Base de Interlagos, pois toda ação de proteção às tartarugas marinhas na região começou por iniciativa dos moradores do condomínio que leva esse nome. Na época, por volta de 1983, as atividades de campo se restringiam aos quatro quilômetros de praia em frente ao condomínio e todas as desovas eram transferidas para um trecho de praia mais protegido. Em 1992, a base foi transferida definitivamente para Arembepe, protegendo 47km de praia, onde foi instalado o Centro de Educação Ambiental.

Clique na imagem para baixar o arquivo e conheça a cartilha de 2014:

Saiba como foi o lançamento da cartilha da turma de 2013:

Cartilha mostra tradição da pesca e visões de futuro da comunidade.

 

Tartaruga Flatback

Ubatuba - SP

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras