pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Programa de interação das tartarugas com a pesca tem balanço positivo

02/08/2011 - O Projeto Tamar executa, desde 2001, o Programa Interação Tartarugas Marinhas e Pesca, para enfrentar a maior ameaça às populações de tartarugas marinhas da atualidade. Leia mais. ↓

Programa de interação das tartarugas com a pesca tem balanço positivo

Pescadores assistem o vídeo As tartarugas marinhas e a pescaria de espinhel de superfície

O Projeto Tamar executa, desde 2001, o Programa Interação Tartarugas Marinhas e Pesca, para enfrentar a maior ameaça às populações de tartarugas marinhas da atualidade que é a mortalidade causada pelas diferentes pescarias. O programa inclui diversas ações junto á frota de espinhel de superfície. No porto de Itajaí/SC, por exemplo, os técnicos do Tamar, utilizando bote inflável em saídas semanais, monitoram toda extensão do rio Itajai-Açú, onde são contabilizadas e abordadas as embarcações que atuam nesta pescaria.

O Projeto realiza também embarques de observadores científicos para monitoramento e implementação de medidas mitigadoras (anzol circular, desenganchador de anzol e cortador de linha) para reduzir a captura e a mortalidade das tartarugas marinhas. Somente este ano foram realizados cinco embarques com observadores devidamente treinados para coleta de dados, manejo das tartarugas marinhas e instalação de transmissor de satélite.

Além disso, constantemente são realizadas entrevistas com mestres das embarcações para caracterização da pescaria. Os resultados dos testes com o anzol circular 18/0 10º offset são divulgados através de vídeo, palestra e conversas informais.

Somente no último ano foram realizadas 52 saídas de campo e 27 entrevistas, tendo como resultado a adesão de cinco barcos e a utilização de aproximadamente 4.300 anzóis circulares. A perspectiva é que mais barcos de espinhel passem a adotar esse tipo de anzol e as ferramentas mitigatórias. Atualmente, o Tamar negocia a adesão de mais dois barcos, com apoio do Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região-Sindipi, em Santa Catarina, e com a Associação de Pescadores do Distrito de Itaipava-Apedi, no Espírito Santo.


Veja outras matérias publicadas sobre o Programa Interação Tartarugas Marinhas e Pesca:

- Resultado de testes com anzóis circulares apresentado em simpósio

- Interação tartarugas e pesca teve balanço em reunião internacional

- Campanha pelos anzóis circulares em Itaipava

- As tartarugas marinhas e a pescaria de espinhel de superfície

 

Tartaruga de pente ou legítima

Florianópolis - SC

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras