pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Sauipe faz aniversário, celebra conquistas e reinaugura loja

05/05/2011 - As atividades começaram de manhã, com sensibilização ambiental dirigida às crianças. Foi montada uma exposição, na Vila Nova da Praia, envolvendo também os hóspedes dos hotéis. ↓

A base Sauipe do Tamar, no Complexo Hoteleiro Costa do Sauípe, litoral norte de Salvador/BA, promoveu evento (22/4) em grande estilo, para celebrar vários acontecimentos: os 30 anos do Projeto Tamar, os 10 anos de criação da base e a reinauguração da loja que, após grande reforma, ficou mais ampla e clara, para facilitar o atendimento e assegurar maior conforto ao cliente.

As atividades começaram de manhã, com sensibilização ambiental dirigida às crianças. Foi montada uma exposição, na Vila Nova da Praia, envolvendo também os hóspedes dos hotéis. No fim da tarde, foi realizada uma soltura de filhotes de tartarugas marinhas. O encerramento aconteceu à noite, com show da banda Casco Cabeça, formada por funcionários e amigos do Tamar, cujo repertório é formado por canções que falam sobre a história do Projeto.



Área monitorada - Inaugurada em 2000, a base Sauipe fica a 74km de Salvador, numa região em franca expansão turística e imobiliária, com inúmeras pousadas e o maior complexo turístico da América Latina. A sua área de abrangência estende-se desde a foz do rio Imbassaí (Mata de São João/BA), ao sul, até a foz do rio Inhambupe (Esplanada/BA), ao norte. São monitorados 56 quilômetros de praias onde ocorrem aproximadamente 1.200 desovas, gerando cerca de 80 mil filhotes por ano, das espécies cabeçuda (Caretta caretta), oliva (Lepidochelys olivacea), de pente (Eretmochelys imbricata) e verde (Chelonia mydas). Antes, a região era monitorada pela base de Praia do Forte.

Dentro da área de atuação da base há uma região de dunas onde foi constituída uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), propriedade privada transformada em unidade de conservação. Fica próxima ao vilarejo de Santo Antônio, que ainda mantém viva as tradições da pesca e do artesanato. Localizado entre o complexo de Sauipe e a vila de Imbassai, o povoado tem pouco menos de 50 casas e quase todos os moradores são parentes.

Bolsão de desova - A base Sauipe foi criada para intensificar o trabalho de conservação, já que protege uma área em que se inclui um dos mais importantes bolsões de desova da região. Também atende à demanda gerada pelo crescente fluxo de visitantes do complexo turístico. Além das comunidades do entorno, informa, educa, sensibiliza e treina hospédes e funcionários, promovendo ainda outras ações que minimizem possíveis danos causados pela atividade humana na área.
 


Resultado de convênio firmado entre o Tamar e a Sauípe S/A, a base ampliou as possibilidades e as condições de monitoramento da área no entorno dos hotéis e das comunidades. Desde o inicio de sua implantação, o complexo recebeu orientação e assessoramento do Tamar sobre como evitar problemas de foto-poluição nas praias provocada pela iluminação artificial dos seus hotéis, além de atender regras de uso da praia, para não prejudicar fêmeas e filhotes.



Tartaruga de couro ou gigante

Praia do Forte - BA

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras