pagina inicial
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Pirambu

Pirambu

Pirambu

Oliva

Cópula de tartaruga oliva no azul marinho.

Oliva

Oliva

Oliva

Oliva

Oliva

Oliva

  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex


Pirambu foi a primeira base do Tamar instalada no Brasil, em 1982. Monitora 53km de praias e protege quase 2.400 desovas e 106 mil filhotes, a cada temporada. Cerca de 80% são da espécie oliva, a menor entre as tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, também conhecida na região como tartaruga pequena, com comprimento curvilíneo de casco entre 70 e 74cm.
Antes da implantação da base do Tamar, embora não houvesse o hábito de matar as fêmeas, para consumo da carne ou do casco, praticamente todas as desovas eram coletadas pelos pescadores locais para serem consumidas ou vendidas. Nessa época, violão, caipirinha e ovo de tartaruga eram inseparáveis. Os ovos eram coletados por tartarugueiros e vendidos nas barracas de praia, bares e restaurantes de Sergipe. Pirambu se destacava como principal fornecedora e consumidora dos ovos de tartaruga.
Logo que a base foi criada, todas as desovas precisavam ser transferidas para cercados de incubação para não serem danificadas. Hoje, 70 por cento das desovas permanecem nos locais de origem, sem riscos de agressão pelo homem, graças ao grande envolvimento dos pescadores e da comunidade no trabalho de conservação das tartarugas marinhas.
Pirambu é município de Sergipe desde l965. Fica a 80 quilômetros de Aracaju e sedia a Coordenação Regional do Projeto Tamar-ICMBio de Sergipe e Alagoas. Pirambu é nome de peixe típico da região, cuja população é constituída basicamente de pescadores de arrasto de camarão, principal atividade que absorve quase que exclusivamente a mão-de-obra masculina. As mulheres beneficiam o pescado.

Reserva Biológica de Santa Isabel - CEP 49.190-000 - Telefax (79)3276-1201/1217 - E-mail tamarse@tamar.org.br

Pirambu - SE