pagina inicial
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Tamar participou de simpósio sobre tartarugas marinhas nos Estados Unidos

25/02/2013 - O tema “Conexões” destacou a importância do compartilhamento do conhecimento acumulado e das relações entre pesquisadores, comunidades, espécies protegidas e seus habitats. ↓

Tamar participou de simpósio sobre tartarugas marinhas nos Estados Unidos

O simpósio contou com representantes de mais de 60 países. Palestra de Wallace J. Nichols.

O 33º Simpósio Internacional de Biologia e Conservação das Tartarugas Marinhas foi realizado entre os dias 2 e 8 de fevereiro de 2013, na cidade de Baltimore, Maryland, EUA. A cidade está localizada em Chesapeake Bay, o maior estuário na costa leste dos Estados Unidos, e uma importante área de alimentação para a tartaruga cabeçuda (Caretta caretta) e para uma espécie que não ocorre no Brasil, a tartaruga kempi (Lepidochelys kempii). O tema do simpósio deste ano foi “Conexões”, destacando a importância do compartilhamento do conhecimento acumulado e das relações entre os pesquisadores, as comunidades, as espécies protegidas e os seus habitats.

O simpósio contou com representantes de mais de 60 países, e mais de 1.000 pessoas estiveram presentes, entre estudantes, pesquisadores e conservacionistas. A programação pré-simpósio ocorreu nos dia 02 e 03 de fevereiro e incluiu os encontros regionais como a Retomala (Reunión de Especialistas sobre tortugas marinas en Latinamerica), o encontro da Widecast (Wider Caribbean Sea Turtle Network) e do MTSG (Marine Turtle Specialist Group), além de diferentes workshops. O Projeto Tamar foi representado por Neca Marcovaldi, coordenadora de conservação e pesquisa; Gustave Lopez, coordenador regional da Bahia e Daphne W. Goldberg, médica veterinária.

Algumas apresentações de trabalhos e sessões tiveram a participação de escolas locais, onde os estudantes puderam fazer perguntas sobre as tartarugas marinhas a grandes especialistas da área. Esta iniciativa foi interessante, pois envolveu crianças e educação, valorizando, desafiando e estimulando um aprofundamento sobre curiosidades do ciclo de vida das tartarugas e questionamentos sobre como colaborar para proteger o ambiente marinho. As apresentações orais e os pôsteres foram agrupados por áreas temáticas como biologia reprodutiva; anatomia, fisiologia e saúde; pesca e ameaças; conservação e manejo; estudos sociais, econômicos e culturais, entre outros. No total foram 248 pôsteres, 15 palestras e quase 200 apresentações orais.

O Tamar apresentou os seguintes trabalhos: Serum Biochemistry Profile for Nesting Hawksbills (Eretmochelys imbricata) in Rio Grande do Norte, Brazil (Determinação do perfil bioquímico de tartarugas-de-pente em nidação no Rio Grande do Norte, Brasil); Interactions between Sea Turtles and Fisheries in Brazil. An Overview within the Scope of Projeto Tamar Monitoring Area (1990-2012) (Interações entre tartarugas marinhas e apesca no Brasil. Uma visão geral do âmbito de atuação do Tamar na area monitorada); Community Initiative of Non-Consumptive Use of Sea Turtles as a Result of Long Term Conservation Program in Brazil (Iniciativa comunitária para interromper o consumo humano de tartarugas marinhas como resultado do programa de longo prazo de Conservação no Brasil). Matching threats and Conservation Priorities for Sea Turtles in Brazil (Priorizando ameaças e atividades de conservação para as tartarugas marinhas no Brasil). “Nossos Sonhos Não Envelhecem”, que conta a história do Projeto Tamar, com legendas em inglês, foi apresentado em uma noite especial de vídeos.

O Tamar foi convidado a participar da Sessão Plenária sobre histórias de sucesso na conservação de tartarugas marinhas, com a exposição “Tartarugas marinhas valem mais vivas do que mortas: a cadeia social produtiva do Tamar”. Na reunião anual do Grupo de Especialistas em Tartarugas Marinhas - MTSG, onde Neca Marcovaldi ocupa uma das Vice-Presidências regionais, foi apresentada uma breve atualização das atividades de pesquisa e conservação realizadas na área do Atlântico Sul Ocidental. 

Tartaruga Flatback

Regência - ES

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores