pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

FUNDAÇÃO PROJETO TAMAR FERNANDO DE NORONHA - PE

Fernando de Noronha

As praias de desova apresentam características propícias a um monitoramento diário, inclusive noturno nas áreas principais.

Fernando de Noronha

Fernando de Noronha

Excelente condição para desenvolvimento de pesquisas sobre biologia e comportamento das tartarugas marinhas em ambiente natural, sobretudo debaixo d’água.

Fernando de Noronha

Área de alimentação, crescimento e repouso p/ juvenis da tartaruga-verde e tartaruga-de-pente.

Fernando de Noronha

Fernando de Noronha

Fernando de Noronha

A praia do Leão, principal área de desova do arquipélago, tornou-se o embrião do Parque Nacional Marinho, criado por decreto federal, em 1988.

Fernando de Noronha

Fernando de Noronha

Filhotes de tartaruga-verde

Fernando de Noronha

Fernando de Noronha

Fernando de Noronha

Captura científica

  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex
  • ex

Alameda do Boldró, s/n°.
Tel: (81) 3619-1145
E-mail: infonoronha@tamar.org.br

Horário de funcionamento:
Todos os dias das 11h às 19h.

Valor do ingresso
Gratuito

O arquipélago de Fernando de Noronha foi descoberto em 1503, sendo ocupado, em momentos diversos da história, por portugueses, ingleses, franceses e holandeses. Já serviu de colônia correcional e presídio político, além de base militar para os Estados Unidos durante as Guerras Mundiais e o período da Guerra Fria.

Nos registros históricos consta que havia “bandos de tartarugas na ilha e no mar”, situação bem diferente da atual. O meio ambiente foi bastante prejudicado durante séculos de ocupação, quando comer ovos e carne de tartaruga marinha era hábito comum. Como resultado desse passado predatório, Noronha abriga hoje a menor população de tartarugas-verdes entre as ilhas oceânicas brasileiras.

O Projeto Tamar iniciou suas atividades de pesquisa e conservação no arquipélago em 1984. O Centro de Visitantes de Fernando de Noronha foi inaugurado em 1996.

Com o crescimento do turismo, no início da década de 90, Noronha se tornou um dos grandes destinos ecoturísticos nacionais e a Fundação Projeto Tamar decidiu instalar um espaço para atrair e integrar esse fluxo crescente de pessoas aos programas ambientais locais, especialmente voltados para a conservação das tartarugas marinhas no Brasil.

Hoje, o Centro de Visitantes da Fundação Projeto Tamar de Fernando de Noronha recebe cerca de 40 mil visitantes/ano.

Desde a concepção do projeto arquitetônico, foram buscadas alternativas ecologicamente corretas nas instalações físicas: madeira certificada de reflorestamento; reciclagem de containers marítimos; estruturas instaladas sobre pilotis removíveis, para não impermeabilizar o solo. Não foram utilizados recursos naturais não renováveis da ilha, como areia e pedra – uma preocupação fundamental nas obras civis realizadas em ilhas oceânicas, onde o solo é muito facilmente erodido.

Visita Segura
Estamos preparados para recebê-los com segurança. Temos totens de álcool em gel disponíveis por todo o Centro de Visitantes, controle de distanciamento, uso obrigatório de máscara durante todo o percurso. Porém, em atenção às recomendações de prevenção e controle de infecção do Covid 19, algumas atividades que geram aglomeração de pessoas estão temporariamente suspensas.

  

 

Atrações

  • ESPAÇOS TEMÁTICOS
  • ESPAÇO INFANTIL
  • LOJA FUNDAÇÃO PROJETO TAMAR
  • VISITAS ORIENTADAS
  • CAPTURA CIENTÍFICA
  • ESPAÇO CULTURAL
  • PALESTRAS AMBIENTAIS

O Centro de Visitantes conta com: painéis explicativos que apresentam as características biológicas das tartarugas marinhas, principais ameaças à vida desses animais, seu ciclo de vida e as ações de proteção e pesquisa desenvolvidas; réplicas das 5 espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil; silhuetas; exposições de esqueletos; maquetes e exibição de vídeos.

Destinado à recreação das crianças, com livros infantis sobre a conservação dos oceanos e estrutura para desenho com mesa, lápis de cor, giz de cera, além de figuras do fundo do mar e recortes de animais marinhos para serem coloridos.

A loja de produtos Tamar é mais uma oportunidade para contribuir com o trabalho de pesquisa e conservação das tartarugas marinhas. São comercializados produtos confeccionados no Brasil, principalmente o material produzido pelas confecções da Fundação Projeto Tamar nas localidades de Regência/ES e Pirambu/SE e pelos grupos de artesanato apoiados. A renda obtida é integralmente aplicada nas atividades desenvolvidas: proteção e pesquisa, sensibilização e educação ambiental, geração de emprego e renda, inclusão social e envolvimento comunitário. 

Nas visitas orientadas o circuito de visitação é acompanhado por monitores capacitados. O roteiro abrange toda a estrutura do Centro de Visitantes falando sobre a biologia das tartarugas marinhas e o trabalho da Fundação Projeto Tamar para proteger esses animais ameaçados de extinção. 

Dentre as ações de pesquisa realizadas pela equipe da Fundação Projeto Tamar na Ilha de Fernando de Noronha, a captura científica pode eventualmente ser acompanhada pelos turistas e frequentadores das praias.  Esta é uma atividade realizada para monitoramento das tartarugas marinhas, através de captura para identificação, marcação e biometria.

As atividades que geram aglomeração de pessoas estão temporariamente suspensas como medida de prevenção à propagação do novo coronavírus.

O Espaço Cultural recebe eventos com artistas nacionais, internacionais e locais. Aqui a música se une a conservação e o movimento Tamarear agita os apoiadores da conservação das tartarugas. Grandes nomes da música como Milton Nascimento, Lenine, Stanley Jordan e João Donato, já se apresentaram no palco da Fundação Projeto Tamar.

As atividades que geram aglomeração de pessoas estão temporariamente suspensas como medida de prevenção à propagação do novo coronavírus.

Realizado desde 1996 no auditório da Fundação Projeto Tamar (com capacidade para 90 pessoas), o Ciclo de Palestras Ambientais é um marco na divulgação ambiental para os moradores e turistas de Noronha. Diariamente, pesquisadores convidados, ministram palestras de temática ambiental, com acesso gratuito. Consulte a programação semanal, no Centro de Visitantes ou na recepção de sua pousada.

 

 

 

 

 

Como chegar

Para Fernando de Noronha existem voos diários partindo dos aeroportos do Recife ou de Natal e a viagem dura cerca de uma hora. O Centro de Visitantes da Fundação Projeto Tamar fica próximo a única rodovia da ilha, BR-363, no acesso a praia do Boldró, existe sinalização indicativas na rodovia.

 

Petrobras